Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

Festival de Cinema Venezuelano aporta no Recife

A partir desta quarta (30) até o próximo sábado (2), a programação do Cinema São Luiz dá espaço à produção fílmica da Venezuela. É o V Festival de Cinema Venezuelano em Recife, que irá apresentar quatro trabalhos audiovisuais do nosso vizinho sul-americano. O evento é realizado pelo Consulado da Venezuela na capital pernambucana e tem como proposta apresentar a mais recente produção cinematográfica do país. Serão exibidos os filmes: “Bolívar, el hombre de las dificultades” (30), “Brechas en el silencio” (31), “Azú” (1º) e “Dudamel – El nido de los niños” (2). Sempre às 19h30. Continuam em cartaz, dentro da programação normal do São Luiz, “Gloria”, “Rio 2″ e “Hoje eu quero voltar sozinho”.

"Brechas en el silencio" abre a programação do V Festival de Cinema Venezuelano em Recife

“Brechas en el silencio” abre a programação do V Festival de Cinema Venezuelano em Recife

Confira a sinopse dos filmes do V Festival de Cinema Venezuelano em Recife

Quarta, 30/7 – 19h30
“Bolívar, el hombre de las dificultades”
(Diretor: Luis Alberto Lamata / Ano: 2013)
Duração: 116 min.
1815-1816, a Venezuela está em guerra e o grande derrotado parece ser Simón Bolívar que, sob a sombra da morte, foge da cidade de Cartagena. Nos anos mais dramáticos da vida do recém nomeado Libertador, revela-se o homem em toda sua dimensão humana atrás do líder político. Exilado na Jamaica, sofre por acreditar haver fracassado. O presidente do Haiti aceita recebê-lo e escuta suas propostas. Com os Patriotas venezuelanos, no meio de uma aquecida assembleia, Bolívar propõe libertar aos escravos para surpresa de muitos, porém esta proposta mudará as circunstâncias ao seu favor. Assim, o Libertador zarpa do Haiti como comandante de uma pequena, porém valente frota, disposta a dar a vida por seus ideais no afã de conquistar a liberdade da América hispânica.

Quinta, 31/7 – 19h30
“Brechas em silencio”
(Diretor: Luis y Andrés Rodríguez / Ano: 2012)
Duração: 90 min.
Ana é uma jovem de origem humilde, que vive com sua família. Trabalha o dia inteiro costurando em uma tecelagem para garantir algum dinheiro. Aos poucos, entramos no mundo da protagonista, a jovem padece de deficiência auditiva que a afasta de um mundo incapaz de compreendê-la. Sua mãe, além de explorá-la, marginalizá-la e ignorá-la, encarrega-a dos cuidados da família e da casa. Imersa em um caos, Ana é vítima de inúmeros abusos de sua mãe e do pervertido padrasto que farão com que ela tome decisões para salvar seus dois irmãos e ela mesma da violência intrafamiliar e conquistar a sua própria liberdade.

Sexta, 1º/8 – 19h30
“Azaú”
(Diretor: Luis Alberto Lamata / Ano: 2013)
Duração aproximada: 100 min.
É a história de um grupo de escravos, que fogem de uma fazenda de cana de açúcar, na procura de um “cumbe” (kilombo). Arrancados da África, eles anelam e lutam pela liberdade que lhes foi tirada para garantir o modo de produção na América do século XVIII. Eles são perseguidos por Don Manuel Aguirre, um fazendeiro que fica obcecado cegamente por Azú, uma bonita escrava com um destino ancestral. A magia e espessura da selva se unem numa história feminina carregada de ação, misticismo y luta pela identidade e liberdade.

Sábado, 2/8 – 19h30
“Dudamel: El sonido de los niños”
(Diretor: Alberto Arvelo / Ano: 2011)
Duração aproximada: 85 min.
Desvele o incrível fenômeno cultural e social que constitui o Sistema de Orquestras Infantis e Juvenis venezuelano, através das experiências de meninos e meninas de países tão diferentes como Bolívia, Escócia, Alemanha e Coréia do Sul. Descubra como as ideias e a concepção de educação do maestro Jose Antonio Abreu e a energia e perseverança do jovem e famoso maestro Dudamel, criaram um sistema que, replicado no mundo todo, favorece milhões de crianças nos quatro cantos da terra. A música e a arte são direitos universais capazes de transformar vidas, você está pronto para transformar a sua?

Abaixo, as sessões da programação do Cinema São Luiz

RIO 2
(E.U.A, 2014, 101 min.)
Quinta (31), sexta (1º), sábado (2), terça (5) e quarta (6): 13h50
Domingo (3): 10h e 13h50
Classificação etária: Livre

GLORIA
(Gloria, Chile/Espanha, 2013, 110min.)
Gênero: Drama
Domingo (3), terça (5) e quarta (6): 19h40
Classificação etária: 16 anos

HOJE EU QUERO VOLTAR SOZINHO
(Brasil, 2014, 96 min.)
Quinta (31), sexta (1º), sábado (2), domingo (3), terça (5) e quarta (6): 15h50 e 17h45
Classificação etária: 16 anos

SERVIÇO
Cinema São Luiz
Rua da Aurora, 175, Boa Vista – Recife
Os ingressos custam R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia)

 

< voltar para home