Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

“Mãe-Terra-Mãe” é o tema dos Saraus em Pasárgada de maio

Saraus em Pasárgada deste mês vai homenagear e refletir sobre a maternidade em geral e o planeta. “Mãe-Terra-Mãe” é o tema da edição que acontece nesta sexta (7), a partir das 18h, no Instagram da Secult-PE/Fundarpe (@culturape). A participação é aberta a todos e mais uma vez se dará por vídeos compartilhados na rede social.

O formato será o mesmo usado desde que o encontro, antes presencial, passou a ser virtual por causa da pandemia de Covid-19. A participação de poetas, amantes da poesia e admiradores de Manuel Bandeira é fácil: basta compartilhar, no próprio perfil, poemas, músicas, pensamentos de autoria própria, de Manuel Bandeira ou de outros artistas, que remetam à maternidade em geral e à mãe terra. Depois, é só marcar os perfis @culturape e @manuelbandeira.pasargada. e acompanhar os compartilhamentos no perfil oficial da Secult-PE/Fundarpe.

“A ideia desse recital virtual é reunir a poesia em torno da palavra ‘mãe’ e tudo que ela provoca no nosso imaginário. Desde a força primordial da mãe terra, passando pelas mais variadas representações, até a nossa própria mãe ou nossa experiência materna. Nesse mês, o projeto Saraus em Pasárgada acontece no intervalo entre o Dia da Terra e o Dia das Mães e o verbo está solto neste espaço para uma dança cósmica, telúrica, política, afetiva e espiritual. O convite está no ar”, disse Marília Mendes, gestora do Espaço Pasárgada, equipamento cultural gerenciado pela Secult-PE/Fundarpe, que promove o encontro mensal.

Serviço
Saraus em Pasárgada: Mãe-Terra-Mãe
7 de maio (sexta-feira), às 18h
Envie seu poema e marque os perfis: @culturape e @manuelbandeira.pasargada

< voltar para home