Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Lei Aldir Blanc

Lia Letícia lança a videoperformance “Queda”

Artista visual e realizadora audiovisual, Lia Letícia lança no próximo dia 15 de maio (quinta-feira), às 20h, a videoperformace “Queda”, na plataforma Mapa Cultural de Pernambuco (www.mapacultural.pe.gov.br/agente/4351) e no Vimeo (vimeo.com/user14889425). Além da exibição do vídeo, a educadora, pesquisadora e curadora independente Ariana Nuala conduzirá uma conversa com a idealizadora da videoperformance sobre o processo do trabalho, no Instagram da Galeria Maumau (@maumaugaleria), no dia 15 de maio, às 20h.

A obra, que conta com os recursos da Lei Aldir Blanc em Pernambuco, é parte de uma pesquisa artística contínua da artista, na qual questões como territorialidade e racialidade são pensadas a partir da perspectiva de colonialidade. Trabalhos anteriores como os curtas “Thinya e Terra Não Dita”, “Mar não Visto”, a performance “Desculpe Atrapalhar o Silêncio de Sua Viagem” e o inédito “Mar de Dentro”, vencedor do XI Concurso de Videoarte da Fundaj/2019, abordam estas questões a partir de diferentes recursos estéticos e suportes de linguagem.

“Queda” propõe fricções entre construções sociais e questões raciais. Elencando, por um lado, um objeto que age dentro de um protocolo social demarcador de classe e, por outro lado, o confronto através de uma ruptura simbólica material. Segundo Lia, “a performance Queda atua com uma memória inventada, propõe, simbolicamente, ações possíveis para um futuro rompido”.

Neste sentido, reforça o que a critica pernambucana Clarissa Diniz escreve sobre a artista “Lia Letícia tem sua obra lastreada não na excepcionalidade e pretensa autonomia da arte, mas em seu oposto: sua ordinariedade, suas disputas, suas violências. Para Lia, “a arte é parte dos conflitos e construções da cultura e, como tal, deve ser pensada, criticada e tensionada por práticas culturais que se situam à margem do coração de sua hegemonia econômica, política e simbólica”.

SOBRE A ARTISTA - Lia Letícia vem atuando no chamado cinema experimental e videoarte em Pernambuco há pelo menos 15 anos, participou em dezenas de festivais nacionais e internacionais, com premiações em diversos deles. Em 2020, a II Mostra Brasil de Cinema Experimental, fez um recorte especial com cinco de seus filmes, neste ano foi uma das artistas comissionadas na edição especial do Janela Internacional de Cinema, com o curta “Feliz Navegantes”. Recentemente seu novo curta, PER CAPITA, estreou no XIV Festival Cine Esquema Novo e se prepara para estreia internacional em setembro, também como artista convidada, na Mostra PROYETOR de Videoarte, realizada em Madrid de forma hibrida, presencial e on-line.

Serviço
Lançamento da videoperformance “Queda”
Quando: 15 de maio de 2021 (quinta-feira), às 20h
Plataformas on-line: www.mapacultural.pe.gov.br/agente/4351 e vimeo.com/user14889425
Bate-papo com Ariana Nuala e Lia Letícia no Instagram da Galeria Maumau (@maumaugaleria)

< voltar para home