Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

ESPAÇO PASÁRGADA

Joana PiresFoi no sobrado nº 263 da Rua da União, hoje Espaço Pasárgada, onde o poeta Manuel Bandeira viveu parte da sua infância, dos seis aos dez anos. O casarão em estilo neoclássico, de propriedade do avô de Bandeira, inspirou vários de seus poemas. Em um deles, “Evocação do Recife”, Bandeira retrata a cidade a partir da ótica de uma criança que começa a descobrir o mundo que existia para além das fronteiras da casa de seu avô:

“Rua da União onde todas as tardes
Passava a preta das bananas
Com o xale vistoso de pano da Costa.
E o vendedor de roletes de cana
O de amendoim que se chamava midubim
E não era torrado era cozido.
Me lembro de todos os pregões
Ovos frescos e baratos
Dez ovos por uma pataca
Foi há muito tempo…”

Em 19 de abril de 1986, dia do centenário de nascimento do poeta, a já conhecida Casa de Manuel Bandeira foi inaugurada com o nome de Espaço Pasárgada. O prédio, construído em 1825 e tombado pelo Governo do Estado através da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco, em 1983, passou a funcionar como um espaço de preservação da obra do poeta e de fomento à literatura, com atividades como mapeamento de poetas e escritores pernambucanos vivos e mortos, recitais poéticos, lançamento de livros e uma gráfica, que publicou durante a década de 1990 livros de autores pernambucanos, além de cartazes, informativos e cartilhas relacionadas a literatura.

Atualmente o Espaço Pasárgada se configura como um centro de vivência e produção literária. Realiza ações de fomento à literatura dentro da casa – aberta a pesquisas e eventos literários – e fora dela – através de intercâmbio e parcerias com outros grupos e espaços ligados à literatura e à cultura de modo geral. O Pasárgada possui uma sala de estudos literários, com uma pequena biblioteca de literatura pernambucana e acervo que reúne a obra completa de Manuel Bandeira, biografia, estudos e vídeos sobre vida e obra do poeta.

Principais ações:

Troca Carnavalesca Mista Bacanal do Bandeira:
A T.C.M. Bacanal do Bandeira é uma agremiação carnavalesca  que homenageia o poeta Manuel Bandeira e estará no seu sétimo ano. Tem o seu nome inspirado no poema “Bacanal” do  livro “Carnaval” e sai pelas ruas do Recife cantadas no poema Evocação do Recife, com poetas e atores/declamadores que em paradas estratégicas declamam poemas momescos.

Semana Manuel Bandeira:
Semana de atividades educativas e culturais realizadas no Espaço Pasárgada em comemoração do aniversário do poeta Manuel Bandeira: Mesas de debates, Recitais, Rodas de Diálogo, Apresentações de teatro/ leituras dramatizadas, Visitas guiadas etc.

Sarau em Pasárgada:
Sarau mensal realizado no Espaço Pasárgada  com uma atração artística (poeta/ músico) convidado declamando poemas. Objetiva dinamizar o equipamento, estimular a criação artística, divulgar a obra de Bandeira e também a interação de novos poetas com  outros cuja obra é reconhecida. Este projeto resgata a convivência de poetas e escritores na casa de Manuel Bandeira.

Semana de Encantamento Manuel Bandeira:
Semana de atividades artísticas e educativas realizadas no Espaço Pasárgada memorando o aniversário de morte do poeta Manuel Bandeira no dia 13 de outubro.

Visite o Espaço Pasárgada
Endereço: Rua da União, 263, Boa Vista – Recife
Visitação: Segunda a sexta, das 9h às 15h
Telefone: (81) 3184.3165
Entrada Gratuita
E-mail: pasargada.fundarpe@gmail.com
Chefe de unidade: Marília Mendes