Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Conselho de Preservação

Moção de Pesar – Francisco Brennand

O Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural, órgão colegiado vinculado à Secretaria de Cultura de Pernambuco, lamenta profundamente o falecimento do artista plástico Francisco de Paula Coimbra de Almeida Brennand.

Nascido no Recife, em 11 de junho de 1927, Francisco Brennand foi um dos mais importantes artistas plásticos brasileiros. Iniciando sua formação, na década de 1940, com outro grande nome das artes, Abelardo da Hora, Brennand se inseriu como um nome incontornável da produção artística brasileira do século XX, e, ao longo ao longo da sua vida, elevou o nome das artes em Pernambuco para além das fronteiras do Brasil.

Atuando como ceramista, escultor, desenhista, pintor, tapeceiro, ilustrador e gravador, Francisco Brennand nos deixa um enorme legado que pode ser facilmente contemplado na sua cidade natal. Legado este, em parte, preservado pelo Governo de Pernambuco, seja através das suas diversas obras que estão sob a guarda de museus estaduais, como o Museu do Estado, seja através da proteção por meio do tombamento provisório de duas de suas mais emblemáticas criações, o painel “Batalha dos Guararapes” e a “Oficina Cerâmica Francisco Brennand”, ambos localizados no Recife, enquanto se realizam os estudos necessários para o seu tombamento definitivo.

Nós que compomos o Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural, expressamos nossos pêsames e condolências a todos que formam a família e o grupo de amigos de Francisco Brennand, na mesma medida que agradecemos ao grande artista todos os anos de serviços prestados à arte pernambucana.

Recife, Casa de Oliveira Lima, 19 de dezembro de 2019.

Aramis Macêdo Leite Jr.
Presidente do Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural de Pernambuco

< voltar para home