Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Cultura popular e artesanato

Recife celebra culturas de matrizes africanas na Noite do Dendê 2015

Programação agrega palestras, mostras audiovisuais, oficinas e apresentações culturais gratuitas. O evento possui apoio do Governo de Pernambuco, através do programa Mais Cultura, Secult-PE e Fundarpe.

Cristiana Dias

Cristiana Dias

Maracatu Nação Porto Rico, agremiação responsável pela realização do evento.

Com 101 anos de tradição popular, a realização da Noite do Dendê estará promovendo a diversidade cultural do candomblé e do maracatu de baque virado, com programação contemplando palestras, mostras audiovisuais, oficinas de maracatu, entre outras atividades realizadas gratuitamente, antecedendo a festividade propriamente dita. O evento, marcado para acontece no sábado (26), contará com um dia inteiro de ações culturais envolvendo tanto o público infantil, como expressões musicais e populares de Pernambuco e de estados como São Paulo e Rio de Janeiro.

No cortejo do evento, 14 agremiações de Pernambuco, estarão se concentrando a partir das 18h, em frente à Igreja do Pina. Como grande celebração musical, o evento estará possibilitando em frente à sede do Maracatu Nação Porto Rico, no bairro do Pina, 11 apresentações no palco principal, com grupos de xirê, afoxé e coco, além dos artistas Karynna Spinelli e Maciel Salu. Já no palco auxiliar, denominado de ‘Barracatu’, o público terá roda de Jurema, com o grupo Chapéu de Couro, e apresentação do Coco Santiago e convidados.

Para o mestre Chacon Viana, do Maracatu Nação Porto Rico e um dos organizadores do evento há oito anos, quando a Noite do Dendê passou a ser retomada nas tradições da agremiação originada na cidade dos Palmares, a principal característica da festividade é ser realizada em 90% pelo povo do terreiro. “Vamos mantendo nossas celebrações de matriz africana, promovendo também um intercâmbio entre as religiões participantes, como a Igreja Católica, da qual o Frei Rinaldo estará participando de nossos rituais, além de reunir as yalorixás mais antigas do Pina. Durante as apresentações do palco, o público também contará com nosso amalá para xangó, no qual serão distribuídas gratuitamente comidas e bebidas típicas de nossas tradições”, ressaltou.

As atividades formativas e musicais do evento, serão realizadas na Rua Eurico Vitrúvio, nº 483, no bairro do Pina, no Recife. Para a sua realização, o evento conta com apoio do Governo de Pernambuco, através do programa Mais Cultura, da Secult-PE e da Fundarpe.

Confira a programação:

Terça-feira (22)
19h – Abertura da Semana do Dendê
19h30 – Coletiva de Imprensa

Quarta-feira (23)
16h – Debates e palestras
17h – Ação de meio ambiente (UFPE)
20h – Cine Club Bamako

Quinta-feira (24)
16h – Oficina de maracatu
20h – Ensaio geral da Nação Porto Rico – repertório Noite do Dendê

Sexta-feira (25)
17h30 – Océ para os Orixás
19h30 – Roda de Diálogos Marcha das Mulheres (tema: Mulheres negras, racismo e violência)
20h15 – Documentário ‘Mães do Pina’, apresentação Yakekerê Mãe Joana da Oxum e Leo Falcão
21h30 – Noite do Vinil Apresenta: Mulher ativa – Identidades e Cultura

Sábado (26)
Infantil (Dendezinho) – das 13h às 17h: Grupo de Dança Favela Dance, Maracatu Nação Erê, Maracatu Nação Olorum, Grupo Cores do Amanhã, Roda de Capoeira Oba Kossó e convidados, Grupo Maracatu Nação da Ilha de Deus, Maracatu Estrela do Mar do Centro Escolar Mangue (Brasília Teimosa)

Cortejo (concentração da Igreja do Pina, às 18h)
19h30 – Nação do Maracatu Porto Rico
19h45 – Bloco Lírico O Bonde (participação do Grupo Tambores de Ogum)
20h – Maracatu Estação Quilombo (Americana-SP)
20h15 – Maracatu Afrobatuque (Floresta-PE)
20h30 – Nação do Maracatu Raízes de Pai Adão
20h45 – Maracatu Nação Almirante do Forte
21h – Nação do Maracatu Encanto do Pina
21h15 – Nação do Maracatu Aurora Africana
21h30 – Nação do Maracatu Encanto da Alegria
21h45 – Maracatu Baque Mulher
22h – Maracatômico
22h15 – Maracatu Nação Pernambuco
22h30 – Maracatu Várzea do Capibaribe
22h45 – Maracatu de Baque Solto Leão das Cordilheiras (Aliança-PE)

Palco principal
19h – Xirê com Yalorixás do Pina
19h40 – Grupo Mazuca da Quixaba
20h20 – Afoxé Oba Iroko
21h – Grupo Bongar
21h40 – Afoxé Omô Nilê Ogunjá
22h20 – Coco Raízes de Arcoverde
23h – Karunna Spinelli
23h40 – Grupo Suprema Corte
0h20 – Maciel Salu
1h – Banda Adê Odulofé
1h40 – Grupo Iburana
2h20 – Oju Oba (Samba Reggae)
3h – Balanço Black (Samba)

Palco auxiliar – Barracatu
20h – Roda de Jurema com Chapéu de Couro
21h – Coco Santiago e convidados

< voltar para home