Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

Em comemoração aos seus 40 anos, Maspe lança catálogo de seu acervo

A obra, que conta com edição da Cepe, destaca obras dos séculos XVII ao XX. O lançamento será na próxima terça-feira (3), às 19h30, na sede do equipamento cultural em Olinda

Divulgação

Divulgação

A obra registra o rico acervo do Maspe

Prestes a completar 41 anos de atividades, o Museu de Arte Sacra de Pernambuco (Maspe) se prepara para lançar o primeiro catálogo reunindo parte significativa do seu acervo permanente. A publicação, que tem apoio cultural da Companhia Editora de Pernambuco (Cepe), destaca, em 225 páginas, quase duzentas peças representativas das artes sacra e religiosa, em diversas tipologias e estilos, sobretudo o barroco e o rococó, que datam dos séculos XVII ao XX. O lançamento da obra acontecerá na próxima terça-feira (3), a partir das 19h30, na sede do Maspe, no Alto da Sé, em Olinda.

O catálogo foi organizado pelo diretor do Museu, padre Rinaldo Pereira, e pelos historiadores Iron Mendes de Araújo Jr. e Anazuleide Ferreira. Consumiu um ano e meio de trabalho para a seleção das obras, que tiveram como critério de escolha a importância histórica, idade e relevância artística. Graficamente, a publicação foi ordenada de forma didática, em divisões que permitem ao leitor/visitante do museu compreender aspectos da produção sacra (culto ao sagrado) e religiosa (devoção ao sagrado) e sua influência na evolução histórica e cultural de Pernambuco. “Uma peça carrega muito mais do que o seu valor. Por trás dela encontramos uma escola artística, um contexto social, além da religiosidade do povo”, afirma padre Rinaldo Pereira.

Em suas subdivisões, que acolhem imagens, quadros, utensílios e vestimentas, quadros, relíquias e vestígios de edificações, o catálogo reserva preciosidades, como o Santo Antônio dos Arcos, imagem do antigo Arco de Santo Antônio do Recife (entrada da atual Rua 1º de Março), demolido em 1917; o conjunto de imagens que revelam o culto aos santos negros no Brasil e em outros países; o tabernáculo furtado da Igreja da Madre de Deus em 1976 e recuperado 40 anos depois; imagens decapitadas encontradas em escavações e cuja danificação é atribuída aos holandeses, entre outras.

Patrimônio - No próximo dia 11 de abril, o Museu de Arte Sacra de Pernambuco, equipamento da Secretaria de Cultura do Estado/Fundarpe, completará 41 anos de criação. O prédio, construído no século XVII e tombado como patrimônio histórico, uma das primeiras edificações da Vila de Olinda. Abrigou a Casa de Câmara e o Palácio Episcopal (1616), cujos painéis de azulejos portugueses, que resistiram ao tempo, também são destacados no catálogo a ser lançado. Para a presidente da Fundarpe, Márcia Souto, “a obra, além de festejar os 41 anos da instituição, deixa registrado o rico acervo do Maspe”.

Serviço
Lançamento do Catálogo do Museu de Arte Sacra de Pernambuco
Quando: 3/4 (terça-feira), às 19h30
Local: Museu de Arte Sacra de Pernambuco – Maspe (Rua Bispo Coutinho, 726, Carmo – Alto da Sé, Olinda)

< voltar para home