Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

Inspirado no “Mafuá do Malungo”, Pasárgada convoca “dedique um poema a quem você ama”

Os poemas serão compartilhados nesta sexta-feira (10), a partir das 18h, nos perfis do Instagram: @culturape e @manuelbandeira.pasargada

Jan Ribeiro/Divulgação

Jan Ribeiro/Divulgação

O projeto Saraus em Pasárgada conta com versão digital desde o mês de março

Desde que migrou do quintal do Espaço Pasárgada para as plataformas digitais, o projeto “Saraus em Pasárgada” tem espalhado poesia e lirismo pelas redes sociais. A iniciativa, que atende às recomendações de isolamento social imposto pela pandemia da Covid-19, tem rendido encontros virtuais memoráveis entre poetas, amantes da poesia, admiradores da obra de Manuel Bandeira e todas as demais pessoas interessadas em transformar a internet num espaço mais afetuoso e amistoso. E é embalado por esse espírito de cordialidade que, nesta edição de julho, o sarau virtual convoca todos os seus seguidores a dedicar um poema a quem ama.

O esquema é o mesmo das versões anteriores: grava/compartilha o poema, dedica à pessoa amada e marca os perfis  @culturape e @manuelbandeira.pasargada no Instagram. Nesta sexta-feira (10), a partir das 18h, os dois perfis vão dar um repost nas publicações e, numa espécie de correio elegante, vão promover interação entre as pessoas que participarem da versão digital do sarau.

A ideia, segundo Marília Mendes (gestora do Espaço Pasárgada), foi inspirada no livro “Mafuá do Malungo”, publicado por Manuel Bandeira, em 1948. Editada por João Cabral de Melo Neto, a publicação apresenta uma coleção de poemas onomásticos dedicados aos amigos diletos e aos filhos de amigos do poeta modernista. “Esse livro é um registro adorável e divertido da obra de Bandeira. Partindo dessa atmosfera afetiva, convidamos todos os nossos seguidores a dedicarem poemas a pessoas amigas, principalmente, neste momento em que ainda estamos vivenciando o isolamento social. O nosso intuito com essa ação é deixar registrado o cuidado que temos com as pessoas que amamos e, para fortalecer esse elo, a poesia será o nosso canal”, diz Marília. Confira abaixo um dos vídeos já divulgados no perfil do espaço @manuelbandeira.pasargada:

Ver essa foto no Instagram

Contribuição de Marília Mendes

Uma publicação compartilhada por Espaço Pasárgada (@manuelbandeira.pasargada) em

< voltar para home