Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Recifest está com inscrições abertas para oficinas e masterclasses gratuitas

Divulgação

Divulgação

O diretor Marlom Meireles comandará a oficina de mídias móveis, nos dias 23 e 23 de novembro, no Sesc Arcorverde

Considerado um dos mais importantes eventos LGBTQIA+ do Brasil, o Festival de Cinema da Diversidade Sexual e de Gênero (Recifest) abre, a partir desta sexta-feira (15) até o dia 30 de novembro, as inscrições gratuitas para oficinas e masterclasses. As atividades on-line e presenciais vão abordar temas como filmologia feminista, desenvolvimento de projetos audiovisuais, mídias móveis e filmes de impacto social. O evento conta com incentivo do Governo do Estado de Pernambuco, por meio dos recursos do Funcultura, e do FIC da Prefeitura do Recife.

Em sua oitava edição, o evento contará com ações online e presenciais no Teatro do Parque, no Recife, entre 16 e 20 de novembro, e de 24 a 26 do mesmo mês, na cidade de Arcoverde, no sertão pernambucano.

“É um festival muito importante, porque além de trazermos para as telas a questão da diversidade sexual e de gênero, também acolhemos as diversidades dos territórios, étnicas e raciais do país”, expõe a produtora Carla Francine, que divide a direção do evento com a produtora Rosinha Assis.

“Diante do grande retrocesso que estamos vivendo, acredito que o Recifest é um espaço importante e necessário. Além de uma janela de exibição de cinema, é um projeto que tem na sua essência os direitos igualitários para todes os povos e corpos”, reforça Rosinha, que idealizou o festival junto com o ator e diretor Rutílio de Oliveira -  que nos deixou em 2012.

Confira a programação das oficinas abaixo:

Oficinas Recifest

“Filme de mulher: o contra cinema e as cineastas transgressoras”, com Lorena Montenegro

Dias 08 e 09 de Novembro (segunda e terça) – Aulas online – Das 19h às 21h30

A oficina analisa a história do cinema a partir de uma perspectiva não canônica, para preencher as lacunas deixadas que excluem as mulheres cineastas, o legado delas e suas contribuições para o desenvolvimento e aperfeiçoamento dessa linguagem artística são objeto desse minicurso.

Link com mais detalhes e formulário de inscrição: https://forms.gle/1BUb4p8fwhvT4s5m8

Produção criativa: da ideia ao projeto da obra audiovisual (desenvolvimento de projetos), com João Vieira Jr. e Nara Aragão

De 09 a 11 de Novembro (terça a sexta) – Aulas online – 14h às 18h

A partir de uma análise das transformações do mercado audiovisual – da telona para a telinha – e das políticas públicas de produção, os produtores pretendem abordar os principais conceitos para elaborar um projeto de desenvolvimento de obra audiovisual, consistente e competitiva, sem perder o brilho da autoria das obras de baixo orçamento e alto valor de produção.

Mais detalhes e inscrição: https://forms.gle/K9HNVQ9P8qucuebJ9

Oficina mídias móveis, com Marlom Meirelles

De 23 a 26 de Novembro (terça a sexta)
Aulas presenciais, no Sesc Arcoverde – 14h às 18h

Mídias móveis é um projeto de formação audiovisual com teoria e prática cinematográfica. A oficina mostra que é possível transformar ideias em obras audiovisuais sem a utilização de equipamentos profissionais, desmistificando o processo de realização.

Mais informações e inscrição: https://forms.gle/PPHKC4yF6gn8vELj8

Filmes de impacto social, com Rodrigo Antônio

De 10 a 12 de Novembro (quarta a sexta) – Aulas online- 18h30 às 21h30

A oficina busca trabalhar a construção de estratégias de impacto associadas a projetos documentais. Oferecer ferramentas e elementos conceituais para o desenvolvimento e execução de campanhas de impacto, desenhando estratégias de impacto social vinculadas a um documentário com potencial para impulsionar mudanças sócio-políticas-ambientais a partir da temática da obra.

Mais informações e inscrição: https://forms.gle/o7Af1DFP9fkr4BkC9

Masterclasses Recifest

Transfake, com Gabriel Lodi
Dia 18 de Novembro (quinta-feira) – 15h às 17h – Atividade online

Uma conversa sobre transfake e o impacto que essa prática tem na construção do imaginário social sobre corpas trans e reflexões sobre ações efetivas de aliança e reparação histórica.

Mais informações e inscrição: https://forms.gle/uT5evEWZ9TvBVwEN6

Saúde mental da comunidade LGBTQIA+, com Dr. Bruno Branquinho
12 de Novembro (sexta) – atividade online – 15h às 17h

Uma conversa sobre os estudos de saúde mental para a população LGBTQIA+, a fim de pensar formas de diminuir o estigma e o preconceito e proporcionar uma melhor saúde mental para essa população.

< voltar para home