Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Fundarpe

Patrimônios Vivos do Estado serão diplomados na Fenearte

Mestre Ana Lúcia do Coco (Olinda) e mestre Luiz Antônio (Caruaru) recebem o diploma neste sábado (18), às 17h. A entrega será feita no estande da Fundarpe, localizado na Rua 21, no Centro de Convenções

A Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) promove neste sábado (18), a partir das 17h, a diplomação de dois Patrimônios Vivos do Estado, durante a programação da 21ª Fenearte (Feira Nacional de Negócios do Artesanato), no Centro de Convenções: mestre Ana Lúcia do Coco (Olinda) e do mestre Luiz Antônio (Caruaru).

A entrega dos diplomas será no estande da Fundarpe dentro da Fenearte (600 – 601), localizado na Rua 21, e contará com a presença do coordenador de Patrimônio Imaterial da Fundarpe, Marcelo Renan, e dos familiares dos mestres. “Além da diplomação, a ideia é trazê-los para nosso estande para que eles conheçam a exposição ‘Patrimônio Vivo de Pernambuco – A pessoa como Patrimônio’, que retrata um pouco da trajetória deles, enquanto brincantes e guardiões da cultura popular pernambucana”, adianta Renan.

PROGRAMAÇÃO
Ana Lúcia é uma das atrações culturais confirmadas da Fenearte. Ao lado do Pastoril Estrela de Belém, ela apresenta-se no sábado (18), a partir das 19h, no palco próximo à Praça de Alimentação. Já Luiz Antônio é um dos expositores da Alameda dos Mestres. No estande 14, é possível visitar e adquirir suas peças.

MOSTRA
A exposição “Patrimônio Vivo de Pernambuco – A pessoa como Patrimônio” apresenta, por meio de registros documentais, fotos e vídeos, o atual panorama do Registro dos Patrimônios Vivos de Pernambuco (RPV-PE), edital promovido pela Fundarpe que, entre 2005 e 2021, titulou 75 mestres, mestras e grupos pernambucanos. A proposta é destacar as regiões e localidades onde residem e trabalham pessoas, grupos e comunidades dedicadas à produção da arte e especialmente à manutenção da memória cultural e da salvaguarda de nossos patrimônios culturais.

PERFIL

Jan Ribeiro/ Secult-PE

Jan Ribeiro/ Secult-PE

Mestra Ana Lúcia do Coco será uma das atrações da Fenearte deste sábado (18)

Mestra Ana Lúcia (Olinda) - Com 77 anos de idade, dos quais mais de 70 são dedicados à cultura popular, sempre foi das artes e cresceu ouvindo seu pai cantarolar afinado enquanto trabalhava. Ainda menina se envolveu com o samba de coco e desde então fez desse saber sua vida. Ainda por herança, tornou-se mestra do Pastoril Estrela de Belém, Foi mestra do grupo de coco do Amaro Branco e posteriormente fundou o grupo de coco Raízes do Coco. A mestra participa de vários eventos musicais e de formação. Realiza atividades o ano todo, a partir de sua casa, desde oficinas, ensaios e apresentações.

Divulgação

Divulgação

Luiz Antônio é um dos expositores da Alameda dos Mestres

Mestre Luiz Antônio (Caruaru) - Nascido em 1935, no Alto do Moura, Luiz Antônio da Silva é considerado um dos principais nomes na arte popular brasileira. É discípulo contemporâneo do Mestre Vitalino, dando continuidade ao legado do maior nome do barro do Brasil. Recebeu vários prêmios nacionais e é conhecido por retratar as profissões, além de esculpir automóveis e motocicletas. Para perpetuar o trabalho produzido pelo artista, um museu privado está em construção nos fundos de seu ateliê.

< voltar para home