Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Cultura popular e artesanato

Pernambuco celebra Dia da Cultura dos Bois

Em parceria com a Federação de Bois e Similares do Estado, Secult-PE e Fundarpe preparam grande cortejo pelas ruas do Recife Antigo neste domingo.

Pela primeira vez desde que foi instituído nos calendários oficiais de Pernambuco e do Recife, o Dia da Cultura dos Bois será celebrado com uma programação especial no próximo domingo, 1º de março.

Eduardo Queiroga

Eduardo Queiroga

Boi Faceiro é uma das atrações confirmadas. Na foto, apresentação do grupo durante o FIG 2011.

A data oficial é 28 de fevereiro, uma referência ao primeiro registro da confecção de um boi no Brasil. Neste mesmo dia, em 1644, a população da capital pernambucana conferia, admirada, um boi “voar” sobre a ponte do Recife, hoje ponte Maurício de Nassau.

Para demarcar a importância desta expressão na formação da identidade cultural pernambucana, diversas agremiações de bois, ursos e pastoril farão um grande cortejo. A concentração será no Marco Zero, a partir das 15h.

Para Aelson da Hora, presidente da Federação de Bois e Similares do Estado de Pernambuco, “a cultura popular ainda é carente de marcos legais, por isso é importante celebrar o que já conquistamos e promover os grupos que mantém vivas nossas tradições”, destaca. Ainda segundo o presidente, “há cerca de 300 agremiações de bois no estado, verdadeiras riquezas da nossa cultura que precisam ser constantemente fortalecidas”. Neste sentido, a Federação tem articulado o surgimento de Ligas Municipais de Bois, com atuação político-cultural direta nas cidades com maior presença deste tipo de manifestação, como Arcoverde, Timbaúba, Bonito, Aliança, Limoeiro e Paudalho.

Eduardo Queiroga

Eduardo Queiroga

O Boi de Mainha em apresentação no FIG 2011

De acordo com o secretário estadual de Cultura, Marcelino Granja, a celebração pelo Dia da Cultura dos Bois “é mais uma ação de aprimoramento da política estadual para a cultura popular, que tem como objetivo incluir todas as expressões tradicionais em um calendário permanente de difusão e também de formação cultural, garantindo a transmissão de saberes”, aponta.

Márcia Souto, presidente da Fundarpe, destaca que “neste processo, é essencial o diálogo entre o poder público e as entidades representativas da cultura não apenas no planejamento, mas também no desenvolvimento de ações como esta, que visa à sustentabilidade dos grupos e ajuda a promover maior engajamento de mestres, brincantes e outros agentes culturais”, complementa.

Marcelo Soares

Marcelo Soares

De Arcoverde, o Boi Maracatu também se apresenta no Recife neste domingo.

A comemoração deste sábado, que vai reunir grupos da capital e do interior do estado, também conta com o apoio da Prefeitura do Recife.

SERVIÇO
Comemoração do Dia Estadual e Municipal da Cultura dos Bois
Data: Domingo, 1º de março
Local: Concentração às 15h no Marco Zero (Recife). Cortejo a partir das 16h30, passando pela Av. Marquês de Olinda, Ponte Maurício de Nassau e dispersão na Praça do Diário.
Grupos participantes: Boi Faceiro, Boi de Mainha, Boi Tatatá, Boi D´Loucos, Boi Cara Branca (Limoeiro), Boi Maracatu (Arcoverde), Boi Glorioso (Bonito), Boi Diz Nove (Timbaúba), Boi Camará (Camaragibe), Boi Sorrizo (Jaboatão), Boi da Mata, Boi Malabá, Boi Mimoso, Urso Cangaçá, Urso Zé da Pinga, Pastoril Giselly Andrade.

< voltar para home