Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Arte e tecnologia em debate no 6º Festival Continuum

Com incentivo do Funcultura, o evento acontece entre os dias 20 e 29 de maio, na capital pernambucana. Na programação, seminários, instalações, experimentos sonoros, mostras de vídeos e de games

O Continuum – Festival de Arte e Tecnologia do Recife chega à sua 6ª edição. O evento, que conta com incentivo do Funcultura, acontece desta quinta-feira (20) até o próximo dia 29/5 (domingo), com uma programação estendida a vários espaços da capital pernambucana, e tem como proposta apresentar e discutir as relações entre arte e tecnologia. Neste ano, o Continuum tem como tema Privacidade, assunto que ganha nova emergência frente a debates intensos sobre os direitos dos usuários na web, a vigilância por parte dos governos, a coleta de dados de empresas privadas e a hiperexposição espontânea trazida pela popularização das redes sociais. A temática será abordada através de duas diretrizes críticas: o que acontece quando temos o nosso direito à privacidade violada através da invasão sem consentimento? E, por outro lado, quais são os processos sociais que estão nos levando a abrir mão voluntariamente de nossa privacidade?

Divulgação

Divulgação

Leonardo Cisneiros, Karina Buhr, Jacques Barcia, Fabiana Moraes, Felipe Peres Calheiros e Cris Lacerda marcarão presença nos seminários do Continuum, que acontecerão no Roda Café

Seminários - O tema Privacidade será explorado em quatro encontros. Na mesa Isolados em Rede, a jornalista Fabiana Moraes conversa com o cineasta Felipe Peres Calheiros sobre como a nossa vida cotidiana é voluntariamente compartilhada em seus mínimos detalhes nas redes sociais. Já em Deixa ela em paz, a cantora e escritora Karina Buhr fala com a especialista em gêneros e políticas públicas, Wedja Martins, sobre como as mulheres têm sido objetificadas pelo patriarcado e quais os processos emancipatórios existentes hoje contra esse ato de dominação.

O Continuum ainda traz debates sobre o uso da tecnologia como forma de vigilância digital (com Leonardo Cisneiros e Cris Lacerda) e sobre o controle social e transparência como mecanismos de ampliação e fortalecimento da democracia (com Jacques Barcia e Yellow). Os encontros do Seminários Continuum são gratuitos e acontecem na Roda Cultural, no Bairro do Recife, nos dias 24 a 27 de maio, às 19h, com transmissão ao vivo através do Periscope (@continuumfest).

Obras - O Continuum apresenta nessa edição oito obras, entre vídeos e instalações artísticas. Um dos destaques é Não é Sobre Sapatos, do cineasta pernambucano Gabriel Mascaro. Ele discute a estética e a política da imagem utilizada para perseguir manifestantes políticos no Brasil. A instalação se apropria de imagens supostamente filmadas por policiais militares, enquanto mapeiam os protestos. Já Um Olho Aberto e o Outro Fechado, do Fab Lab, é uma instalação sobre como as redes conectadas agem – positiva e negativamente – em nossa vida.

O festival traz ainda Ao Vivo, do gaúcho Cristiano Lenhardt, sobre como um ponto de vista é tido como a realidade oficial pelos meios de comunicação de massa. Outras obras selecionadas este ano são Caixa 2, de Raul Luna e Antonio Augusto e Aos Vivos, da Imaginária. As exposições acontecem na Torre Malakoff entre os dias 20 e 29 de maio.

Sonoridades - A cada ano, o Continuum abre espaço para artistas da música cujos trabalhos trazem uma ponte entre a inovação tecnológica e o experimento sonoro. Neste ano, o festival apresenta como atrações Yuri Bruscky, que traz ao evento a obra Variações (Sobre Besouros, Caixas e Entornos). A apresentação une técnicas de síntese e composição eletroacústica em um diálogo com a construção de paisagens imersivas que podem ser vivenciadas pelo ouvinte.

Outro destaque é Grilowsky, multiartista recifense com uma apresentação que aborda urgências contemporâneas como o selfie, as mensagens instantâneas, patrulha virtual e câmeras de segurança. O festival traz ainda Binário (projeto de h.d.mabude, Igor Holanda e Queops Negronski) que experimenta misturas entre noise, construções rítmicas das ruas e música pop.

Outra atração do Sonoridades é Hrönir (de Thelmo Cristovam e Túlio Falcão) com a apresentação Anagrama, que trabalha elementos da música contemporânea, como ambient, tonalismo, atonalismo, música concreta e sound collage. As apresentações do Sonoridades Continuum serão no Roda Cultural, no Bairro do Recife, nos dias 27 e 28 de maio, a partir das 16h.

Mostra de Vídeos - Selecionados a partir de inscrições realizadas no site do Continuum, os vídeos exibidos este ano abordam as novas fronteiras da intimidade e exibicionismo nesses tempos em que todos podem produzir imagens. Entre as obras selecionadas estão Intervenção, de Pedro Maia de Brito Cavalcanti; Privacidade VHS, de Thiago Miazzo Catarino; e Narrativas Multiafetivas, de Williams Robert da S. Pereira. A Mostra de Vídeos Continuum acontece em sessões contínuas na Torre Malakoff, entre os dias 20 a 29 de maio.

Mostra de Games - A seleção dos jogos selecionados para este ano brincam com os aspectos de nossa privacidade, como a capacidade de se camuflar e de se tornar alvo. Entre os games desta edição estão Republique (PS4), que explora os perigos da vigilância governamental na era da internet. Temos ainda o sucesso Watch Dogs (Wii U), que trata de crimes crimes de informação e big data, e ainda Hacked (Android), o primeiro jogo de codificação para dispositivos móveis. A mostra acontece diariamente, de 20 a 29 de maio, na Torre Malakoff.

Oficinas - As Oficinas do Continuum têm como proposta trabalhar as confluências entre inovação, criatividade, segurança e tecnologia. Serão oferecidas as oficinas: Teoria do drone aplicada à arte, Privacidade: como tornar o acesso à internet de pessoas com deficiência menos vulnerável e Introdução à Arte Sonora. Realizadas entre os dias 23 e 26 de maio, sempre no período vespertino, as oficinas acontecem no CESAR.Edu e no Portomídia. Todo o processo seletivo (já encerrado) foi feito por meio de inscrições gratuitas no site oficial do festival.

A programação completa pode ser acessada pelo site: continuumfestival.com.

Serviço
Continuum – VI Festival de Arte e Tecnologia do Recife
Exposições, Mostra de Vídeos e Mostra de Games: 20 a 29 de maio – Torre Malakoff: Terça a Sexta, das 10h às 17h / Sábados (15h às 18h) e Domingo (15h às 19h).
Sonoridades: 27 e 28 de maio, a partir das 16h – Roda Cultural.
Seminários: 24 a 27 de maio, às 19h – Roda Cultural.
Entrada Franca

< voltar para home