Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

PATRIMÔNIO CULTURAL

Conferência de Antônio Sarasá abre a 10ª Semana do Patrimônio Cultural de Pernambuco

A atividade está agendada para a próxima segunda-feira (14), às 14h, no Teatro Arraial Ariano Suassuna. O acesso é gratuito

Divulgação

Divulgação

Restaurador paulista será o responsável pela abertura do evento no Teatro Arraial

A 10ª Semana do Patrimônio Cultural de Pernambuco abre oficialmente suas atividades, nesta segunda-feira (14), com a conferência do conservador e restaurador paulista Antônio Sarasá, que virá ao Teatro Arraial Ariano Suassuna para debater o tema “A Cultura do Patrimônio e a Zeladoria”, a partir das 14h. O acesso é gratuito.

“A ideia da conferência é debater o conceito de zeladoria dentro do segmento de patrimônio cultural. Para isso, vou trabalhar com três pilares: conhecimento, pertencimento e empoderamento, a fim de mostrar que o conceito de zeladoria não só abrange os gestores, o pessoal da manutenção e segurança, mas todo mundo que se relaciona com o patrimônio de maneira geral. Isto é, discutir esse tema a partir de uma visão mais humanista, com o propósito de resgatar os valores que as pessoas atribuem aos bens culturais”, adiantou Sarasá.

Além do colóquio, haverá a apresentação do projeto do Funcultura “Jardins de Burle Marx”, produzido por Sandro Lins, e o lançamento das publicações Cartilha Jogo do Patrimônio 2.0Revista Aurora 463 – Ano II, ambas confeccionadas pela Fundarpe. Ao final, Mocinha de Passira (Patrimônio Vivo) encerrará a programação do primeiro dia com seus célebres repentes.

Antônio Sarasá
Graduado em Administração de Empresas pela Universidade de São Marcos, com várias especializações em restauração de patrimônio, Sarasá fundou, em 2001, um estúdio especializado em conservação e restauro do Patrimônio Histórico e ministra cursos, palestras e treinamentos sobre zeladoria para instituições públicas e privadas de todo o país.

Tema
Com a temática “Políticas Públicas e Gestão do Patrimônio Cultural”, a 10ª Semana do Patrimônio Cultural de Pernambuco visa ampliar o debate acerca dos marcos legais para o reconhecimento dos patrimônios culturais, da atuação do Estado e dos diversos segmentos da sociedade na preservação do patrimônio cultural de Pernambuco.

Além disso, há o propósito de debater questões que envolvam a gestão dos patrimônios culturais, os editais, os financiamentos públicos e privados, sua preservação e salvaguarda. “Nossa proposta é ampliar o diálogo com a sociedade sobre a gestão a preservação do nosso patrimônio. Traçarmos estratégias, encontrarmos alternativas e novos modelos de gestão compartilhada entre o poder público, os conselhos de preservação e a comunidade”, convida a presidente da Fundarpe, Márcia Souto.

Oficina e visitas guiadas
Além da conferência, às 9h da manhã, haverá visitas mediadas às obras de restauro e conservação da Basílica da Penha, com Jorge Tinoco; e da Igreja de Nossa Senhora da Conceição dos Militares, com Pérside Omena e Sandra Spinelli.

Às 14h, a Estação Central Capiba/Museu do Trem (Rua Floriano Peixoto, s/n – São José – Recife/PE) oferecerá a oficina gratuita “Participação social no processo de construção de um plano de gestão para o patrimônio ferroviário de Pernambuco”. As inscrições podem ser feitas gratuitamente aqui.

A programação da 10ª Semana do Patrimônio Cultural de Pernambuco segue até a próxima sexta-feira (18). Aqui, no Portal Cultura.PE, é possível encontrar todas as atividades do evento.

< voltar para home