Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Secretaria de Cultura

NOTA DE PESAR – Maestro Rafael Garcia

Pri Buhr/Secult-PE/Fundarpe

Pri Buhr/Secult-PE/Fundarpe

O músico foi o criador do Festival Virtuosi, um dos maiores e mais conhecidos do gênero de música instrumental do país

A Secretaria Estadual de Cultura (Secult-PE) e a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) lamentam profundamente a morte do maestro Rafael Garcia.

Idealizador do Festival Virtuosi, o chileno veio ao Brasil no início dos anos 1970, onde lecionou na Universidade Federal da Paraíba. Nessa época, excursionou com a Orquestra Sinfônica da Paraíba, além de ensaiador e preparador da Orquestra Câmara Jovem da Paraíba. Anos depois foi criador, regente e diretor artístico da Orquestra Jovem de Pernambuco.

Em 1987 mudou-se para os Estados Unidos, foi professor de violino e música, além de desenvolver inúmeros trabalhos com crianças e jovens de Boston. Voltou para o Brasil em 1995 e fixou residência em Pernambuco, tornando-se solista da Orquestra Sinfônica do Recife.

Após promover inúmeros projetos de concertos em parceria com o Sesi e Sesc, decidiu criar em 1998 o Festival Internacional de Música de Câmara de Pernambuco, conhecido como Festival Virtuosi. Através do Virtuosi, o maestro Garcia trouxe ao Brasil centenas de músicos renomados de diversos países, transformando Pernambuco numa referência em eventos dessa natureza.

“A Fundarpe perdeu um grande parceiro, ele era responsável por algumas ações de música de câmara, com destaque para a programação da Catedral de Santo Antônio, no Festival de Inverno de Garanhuns. Ele foi um músico e produtor muito importante para esse segmento artístico porque buscou trazer para Pernambuco os melhores profissionais para excursionar, para fazer intercâmbio com músicos daqui. O Festival Virtuosi aproximou a música erudita da população, promovendo espetáculos e apresentações ao ar livre, de graça, em espaços públicos. Lamento muito a notícia do falecimento do maestro Garcia e deixo meu abraço acolhedor a toda família, em especial à viúva, Ana Lúcia, e a sua filha, Ana Garcia”, declarou Marcelo Canuto, presidente da Fundarpe.

“O maestro Garcia foi um incansável fazedor de cultura e seu Festival Virtuosi deixou um grande legado para a música de câmara do Estado e do País. Estamos todos consternados com sua partida”, comentou Gilberto Freyre Neto, secretário Estadual de Cultura.

A família informa que o velório ocorre nesta quinta-feira (14), a partir das 16h, na capela do Cemitério de Santo Amaro, no Recife, com o enterro marcado para sexta-feira (15), às 11h.

< voltar para home