Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Funcultura

Secult-PE/Fundarpe lança editais do Funcultura do Audiovisual com um aporte de R$ 14,28 milhões

Além do montante para o Audiovisual, Secult-PE/Fundarpe divulgou os editais do Microprojeto Cultural, Funcultura da Música e Funcultura Geral, totalizando cerca de R$ 37 milhões em investimentos na cadeia produtiva do Estado

A Agência Nacional do Cinema (Ancine) confirmou a parceria com a Secretaria de Cultura de Pernambuco (Secult-PE) e Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), na realização do edital do Funcultura Audiovisual, com um aporte de R$ 5 milhões do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA). Os recursos complementam o 14º Edital Funcultura do Audiovisual (2020-2021), que terá, ao todo, R$ 8 milhões. O segundo edital, o 15º Edital do Funcultura Audiovisual (2020-2021), contará com o valor de R$ 6,28 milhões, totalizando, em 2021, R$ 14,28 milhões em investimentos na produção audiovisual de Pernambuco – sendo R$ 9,28 milhões em recursos exclusivos do Governo do Estado. As inscrições estarão abertas entre os dias 5 e 16 de abril deste ano e poderão ser feitas totalmente à distância, pela internet, sem utilização de papel.

Os editais foram aprovados pela Comissão Deliberativa do Funcultura, que decidiu pela aprovação durante reunião realizada na última quarta-feira (17).

Em julho de 2020, gestores da Secretaria de Cultura de Pernambuco e da Fundarpe, juntamente com membros da sociedade civil do Conselho Consultivo do Audiovisual, solicitaram à Ancine o aporte financeiro, com o objetivo de garantir um recurso expressivo para a produção audiovisual do Estado.

Com estes recursos, o 14º Edital do Funcultura Audiovisual (2020/2021) destinará R$ 8 milhões para os projetos aprovados nas categorias de longa-metragem (produção e finalização) e produtos para televisão (obra seriada documental, obra seriada ficção, obra seriada animação, telefilme documental e telefilme ficção ou animação). Clique AQUI e confira o edital e seus anexos.

O segundo edital, o 15º Edital do Funcultura Audiovisual (2020-2021), destinará o valor de R$ 6,28 milhões, para categorias não contemplados no primeiro certame: curta-metragem, games, difusão, formação, desenvolvimento do cineclubismo, “revelando os pernambucos”, pesquisa e preservação, desenvolvimento de longa-metragem, desenvolvimento de produtos para TV, obra seriada de curta duração, finalização e distribuição de longa-metragem e websérie/webcanal. Clique AQUI e confira o edital e seus anexos.

“Além dos dois editais do Funcultura Audiovisual, lançamos o Microprojeto Cultural, o Funcultura da Música e o Funcultura Geral, totalizando cerca de R$ 37 milhões em investimentos na cultura pernambucana. Em 2021, mesmo vivendo um dos piores momentos por conta de uma pandemia, teremos um ano de grande produção graças a esses editais, que são diretamente responsáveis pelo desenvolvimento de uma dinâmica cadeia produtiva, gerando grandes produtos, além de emprego e renda para os profissionais envolvidos”, avalia Marcelo Canuto, presidente da Fundarpe.

“Com os projetos do Funcultura, conseguimos produzir arte, pesquisa e conhecimento em todas as regiões do Estado, acreditando na força da nossa produção cultural que, para além de reafirmar símbolos da identidade pernambucana, impacta em dimensões variadas da sociedade”, ressalta o secretário de Cultura Gilberto Freyre Neto, que também é presidente da Comissão Deliberativa do Funcultura e do Conselho Consultivo do Audiovisual.

De acordo com a superintendente do Funcultura, Aline Oliveira, além das políticas afirmativas já implantadas no Funcultura Audiovisual (como regionalização ou pontuação para projetos que prevejam a contração de pessoas com deficiência), os editais do Funcultura Audiovisual trazem outros avanços.

“Sobre gênero, em cada edital será aprovado, pelo menos, 30% de projetos que tenham profissionais mulheres cis e/ou pessoas transgêneras. Haverá também aprovação de 30% de projetos que tenham profissionais negros/as e/ou indígenas”, explica a gestora.

AUDIOVISUAL - O edital do Funcultura do Audiovisual tem como objetivo selecionar projetos oriundos de produção pernambucana independente de obras audiovisuais e eventos do setor. As categorias apresentadas são: longa-metragem, curta-metragem, produtos para televisão, games, difusão, formação, pesquisa, preservação, cineclubismo e revelando os pernambucos.

Em 2020, com acúmulo do edital 2018, o 12º edital Funcultura Audiovisual (2019-2020), destinou R$ 9,28 milhões para os projetos aprovados nas categorias de longa-metragem e produtos para televisão.  O segundo edital, a 13ª edição 2019-2020 do Funcultura Audiovisual, também destinou o mesmo valor, R$ 9,28 milhões, para produtos não contemplados no primeiro certame: curta e média-metragem, difusão, formação, desenvolvimento do cineclubismo, revelando os Pernambucos, games, pesquisa e preservação, desenvolvimento de longa-metragem, desenvolvimento de produtos para TV, obra seriada de curta duração, finalização e distribuição de longa-metragem e websérie-webcanal.

OUTROS EDITAIS – O Governo de Pernambuco também lançou, por meio da Secult-PE e Fundarpe, o edital 2020-2021 do Funcultura Geral. Ao todo serão disponibilizados R$ 15,68 milhões para incentivar projetos das seguintes linguagens culturais: Artes Integradas, Artes Plásticas, Artes Gráficas e Congêneres, Artesanato, Circo, Cultura Popular e Tradicional, Dança, Design e Moda, Fotografia, Gastronomia, Literatura, Ópera, Patrimônio, Teatro, Formação e Capacitação e Pesquisa Cultural. As inscrições vão de 19 a 30 de abril de 2021. Para saber mais, acesse: www.cultura.pe.gov.br/editais/edital-funcultura-geral-2020-2021.

Também foi publicado o 3º Microprojeto Cultural, voltado para iniciativas de indivíduos, grupos e coletivos, formados por jovens de baixa renda entre 18 e 29 anos, principalmente de cidades com baixo Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M). O edital conta com o montante de R$ 640 mil para os projetos, com um limite de R$ 15 mil para cada. As inscrições vão de 23 de março a 2 de abril de 2021. Para saber mais, acesse: www.cultura.pe.gov.br/editais/edital-funcultura-microprojeto-cultural-2020-2021.

Com R$ 4,16 milhões para diversas categorias do segmento, o 5º Edital do Funcultura da Música 2020/2021 também foi divulgado – disponibilizando o montante de: Circulação (R$ 920 mil), festivais (R$ 750 mil), Gravação (R$ 650 mil), Produtos e Conteúdos (R$ 335 mil), Economia da Cultura (R$ 150 mil) e Manutenção de Bandas de Música (Filarmônicas), Escolas de Bandas de Música e Corais (R$ 250 mil). As inscrições ficarão abertas de 3 a 14 de maio de 2021. Para saber mais, acesse: www.cultura.pe.gov.br/editais/5o-edital-do-funcultura-da-musica-20202021.

FUNCULTURA SEM PAPEL - Atendendo a uma demanda da produção cultural pernambucana e cumprindo uma promessa do Governo de Pernambuco, a Fundarpe também anunciou, no dia 22 de dezembro do ano passado, a digitalização de todos os processos de inscrição de projetos do Funcultura.

A digitalização acontecerá por meio da plataforma on-line Prosas (www.cultura.pe.gov.br/editais-prosas), utilizada em inúmeros editais nacionais, tanto governamentais como de empresas privadas, inclusive multinacionais. O objetivo é, antes de tudo, facilitar e democratizar o acesso aos recursos públicos da cultura.

< voltar para home