Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Literatura

Praça da Palavra

A Praça da Palavra é o polo do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) onde acontecem atividades ligadas ao setor do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas. É lá que durante os 15 dias do festival são realizados recitais, contações de histórias, debates, lançamentos de livros e performances, que são selecionados através do Edital do FIG e também oferecidos por instituições parceiras. Esse espaço também abriga stands de vendas livros através de editoras selecionadas através da Convocatória de Ocupação de Espaços (FIG).

A Praça da Palavra responde ao Plano Estadual do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas (PELLLB) nos seguintes tópicos:

EIXO 1 – DEMOCRATIZAÇÃO DO ACESSO AO LIVRO, À LEITURA E ÀS BIBLIOTECAS
Objetivo Estratégico 1.1. Incentivo à leitura.
a. Estimular a Cultura leitora nos diversos âmbitos da sociedade desde a primeira infância.
f. Estimular a realização de atividades de mediação de leitura, conversas com autores e outras atividades culturais correlatas, em livrarias, sebos, equipamentos culturais etc. sediados no Estado.

EIXO 3 – DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA DO LIVRO
Objetivo Estratégico 3.1. Estruturação e desenvolvimento da economia do livro.
Estimular a realização regionalizada de feiras e festas de livros e de leitura, com garantia de participação dos elos produtivo e criativo locais.
d. Fomentar ações públicas e privadas de difusão do livro, com critérios transparentes de seleção.
e. Fomentar atividades de desenvolvimento da cadeia produtiva do livro, da leitura e da literatura, com critérios transparentes de seleção.

EIXO 4 – VALORIZAÇÃO DA LITERATURA
Objetivo Estratégico 4.1. Fomento público para a literatura
f. Promover divulgação regionalizada dos editais do Sistema Estadual de Cultura voltada para o livro, leitura, literatura e bibliotecas.

Objetivo Estratégico 4.2. Difusão, circulação e intercâmbio.
a. Fortalecer as ações de circulação de autores e da produção literária locais em escolas, bibliotecas e outros espaços de fruição.
c. Estimular a realização de encontros e residências para intercâmbio de conhecimento entre profissionais dos elos criativo e produtivo do livro.
e. Incentivar a circulação local, nacional e internacional da produção de ilustradores, designers gráficos e quadrinistas pernambucanos.